Resenha: Garota Exemplar, Gillian Flynn

09:00

Garota Exemplar, um livro de Gillian Flynn, foi um thriller esplêndido, que consegue manter um leitor em uma trama de suspense o tempo inteiro. Esse livro entrou para a lista de meus livros favoritos de mistério.
Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com quatro milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele? — Sinopse oficial.



“É um tanto perturbador recordar uma lembrança calorosa e sentir-se profundamente frio.”

Em seu quinto aniversário de casamento, Nick Dunne se vê perdido: ao chegar a sua casa, sua esposa, Amy Elliot Dunne, está sumida, a sala de pernas para o ar e ele totalmente atônito com a situação. Nick chama a polícia e toda a investigação começa.
Todas as provas e evidências encontradas no local do crime se voltam contra o marido, acusando-o de assassinato, ou de tentativa de homicídio, e de esconder o corpo de sua mulher.
Nick e sua irmã gêmea Margo, ou simplesmente Go, tentam ajudar no caso e provar a inocência de Nick. Porém, tudo aponta para ele como o culpado e torna a tarefa dos irmãos cada vez mais árdua a cada pista incriminatória que é encontrada.

“É uma época muito difícil para ser uma pessoa, apenas uma pessoa real, de verdade, em vez de uma coleção de traços de personalidade escolhidos de uma interminável máquina automática de personagens.”

O livro é dividido entre as visões de Nick e Amy — no começo, aparecem trechos de um diário da Amy — então é possível ver o passar do livro sobre duas perspectivas diferentes.
Uma coisa que eu adorei no livro, graças a essa mudança nos pontos de vista feitos por Flynn, foi que o leitor pode acompanhar como as personalidades dos personagens vão decaindo ao longo da história, pois no começo parece que os dois são um casal perfeito sem nenhum problema, e ao ler o livro percebe-se cada defeito do conjugue, e isso é deixado bem explícito.
Na história, a Amy é filha única de dois escritores famosos que escreveram uma série chamada Amy Exemplar, baseada na vida da filha deles. Isso mostra como Amy, desde criança foi pressionada pelos pais a ser perfeita e descobrimos como ela consegue mudar facilmente de personalidade: ser a Amy verdadeira e a Amy exemplar. Isso deixa a história mais intrigante, um dos detalhes que prende o leitor na narrativa, e faz com que ele queira saber mais da história de Amy e saber como ela está agindo no momento, como Amy ou como Amy.
Uma coisa que eu reparei enquanto lia o livro foi que, no começo, achei a escrita da Gillian Flynn difícil de ler, porém me acostumei mais pra frente. Consegui comparar a escrita dela com a de Stephen King, pois os dois escrevem de maneira muito semelhante: dão muitos detalhes de coisas que já aconteceram e às vezes tornam a escrita do livro pesado de mais. Mas eu amo Stephen King e comecei a amar Gillian Flynn, então uma escrita detalhada como a deles não foi, nem será, um problema para mim.

“Tantas lições, oportunidades e vantagens, e eles nunca me ensinaram como ser feliz.”

Um detalhe que Flynn me fez ficar com raiva e ainda assim me prender na história foi que, ao ler cada vez mais o livro, cada vez mais eu tinha um ódio mortal e uma sede de justiça com um dos personagens principais. Não quero falar muito mais do que isso, pois pode ser um spoiler.
Se você já assistiu ao filme, vai perceber como o livro e o filme são parecidos, ambos muito bons e te enchem com as mesmas emoções que o livro: curiosidade, raiva, justiça e apego filme sler.tinha  e faz com que ele queira saber mais da histdadeira e a aos personagens e à trama. Vale muito a pena ver o filme, além de ser uma ótima adaptação.
Passei muito tempo querendo ler esse livro, porque me despertou uma vontade de lê-lo depois que vi o filme — antes disso, nem sabia que existia esse livro. Então buscava sempre na internet esse livro para comprar, mas nunca o achava com a capa original, apenas a capa do filme e eu não quero um livro com a capa do filme, e, além disso, o preço não ficava acessível — estou sofrendo o mesmo problema com o livro Perdido em Marte, não encontro a capa original na internet. A solução foi encontrar em uma livraria física o último exemplar de Garota Exemplar.

“Você só precisa decidir fazer, e aí fazer.”

Essa foi minha experiência com Garota Exemplar. Deixe um comentário nos contando como foi a sua. Você já assistiu ao filme? O que acha da história? O que aconteceu à Amy? Obrigado pela atenção!


— Ricardo

You Might Also Like

10 comentários

  1. Não vi o filme e nem li o livro, e tenho muita curiosidade, o melhor é que já me contaram o final do filme e eu esqueci! KKK Olha que maravilha, deve ser um sinal para ler o livro.
    Ótima resenha, parabéns :)

    blogleitorit.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, obrigado! Deve ser um sinal sim, para todos que gostam de romance em mistério devem ler.

      Excluir
  2. Muito boa resenha! Fiquei com mais vontade de ler, vou ter que adiantar. Parabéns! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Valeu! É tão bom despertar essa vontade em leitores :D

      Excluir
  3. Quero muito ler esse livro, ainda não vi o filme para não estragar a experiência da história, mas to muito curiosa! Parabéns pelo blog!

    Abraço!

    http://eventualobradeficcao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado! Estamos sempre tentando melhorar o blog!

      Abraços!

      Excluir
  4. Oi, adorei a sua resenha do livro, quero muito ler esse livro esse ano. Espero que consiga ler. Não acredito que não tem mais a capa original, vai demorar para eu ler, por que quero comprar com a capa original.

    lerparaesclarecer.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado! Olha, foi bem difícil encontrar essa capa original, mas tem que procurar em bastante livrarias e em sites, boa sorte!

      Excluir

Olá! Por favor deixe um comentário que iremos adorar conversar.

Popular Posts

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no instagram